Brasil

Mistério resolvido: verdade por trás das linhas verdes vistas no céu japonês

Origem foi revelada, que estaria longe de uma explicação alienígena

Cielo de Japón | Twitter @NASA_ICE

A aparição de linhas verdes brilhantes no céu japonês em setembro de 2022 gerou surpresa e curiosidade tanto entre aqueles que viram ao vivo quanto nas redes sociais.

Mas vários meses após sua observação, a origem dessas luminosidades foi revelada, que estariam longe de uma explicação alienígena.

O que os japoneses viram no céu?

Na verdade, tratou-se dos raios laser do satélite ICESat-2 da NASA. Esta descoberta, confirmada por Daichi Fujii, curador do museu da cidade de Hiratsuka e operador das câmeras próximas ao Monte Fuji, marcou um momento histórico.

A razão? Tratou-se da primeira vez em que foram capturadas imagens dos raios laser do satélite a partir da órbita terrestre.

Qual é a função do ICESat-2?

"Para ver o laser, você deve estar exatamente no lugar correto, no momento correto e nas condições adequadas", afirmou o cientista do satélite ICESar-2, Tony Martino.

O satélite ICESat-2, lançado em setembro de 2018, tem como missão medir as alturas de gelo, água e superfícies terrestres através de um laser avançado.

Além disso, este artefato tem capacidade para disparar 10 mil pulsos de luz por segundo em direção à Terra e enviar seis raios de luz, criando um espetáculo visual impressionante.

Atualmente, o ICESat-2 desempenha um papel crucial no monitoramento ambiental, ajudando a calcular as perdas de gelo na Groenlândia e na Antártica, medir a extensão dos oceanos polares congelados, quantificar os depósitos de água doce e mapear áreas costeiras rasas.

Seus raios laser, disparados de centenas de quilômetros no espaço, não representam perigo algum para os seres humanos e são difíceis de detectar mesmo estando diretamente abaixo do satélite.

Tags

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


NÓS RECOMENDAMOS